Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Quanto ganha um Psicólogo em São Paulo?

O Psicólogo tem um campo vasto de atuação. Além de atuar em clínicas e consultórios psicológicos, pode trabalhar em departamentos de Recursos Humanos, fazer pesquisas sobre o comportamento do consumidor, prestar orientação vocacional e oferecer aconselhamento psicológico em instituições de reinserção social, por exemplo.

 

Em São Paulo, onde se concentram inúmeros estabelecimentos de saúde de referência no País, centros de pesquisa e grandes empresas, as oportunidades para psicólogos podem ser ainda mais interessantes. O mercado está aquecido e é favorável para quem investe continuamente na formação e qualificação, por meio de especializações e pós-graduações.

 

Descubra quanto ganha um Psicólogo em São Paulo, o piso salarial, o salário médio e onde estudar para seguir esta carreira!

 

Piso Salarial do Psicólogo em São Paulo

Os psicólogos de São Paulo não têm um piso salarial único com validade em todo o Estado. Existem, no entanto, convenções coletivas de trabalho firmadas entre o Sindicato dos Psicólogos do Estado de São Paulo (SINDIPSI) e os sindicatos que representam algumas das empresas que contratam esses profissionais.

 

O piso salarial do Psicólogo depende da região onde o profissional atua e da empresa na qual trabalha. Veja alguns exemplos:

 

  • SINDHOSFIL (Estado de São Paulo): R$ 2.127
  • SINDHOSFIL – LINOSESP (Baixada Santista): R$ 1.950
  • SINDHOSFIL (Ribeirão Preto e Região): R$ 1.950
  • SINDHOSFIL (Presidente Prudente e Região): R$ 1.926
  • FEHOESP (Estado de São Paulo): R$ 2.494
  • SINAMGE: R$ 2.300

 

Psicólogos que trabalham como consultores independentes ou têm seu próprio consultório podem usar a tabela de honorários criada pela Federação Nacional dos Psicólogos (FENAPSI). Essa tabela foi elaborada em parceria com os Conselhos Regionais de Psicologia e apresenta valores de referência para as principais atividades exercidas pelos psicólogos. Veja alguns exemplos:

 

Acompanhamento e Orientação Psicológica

  • Acompanhamento Psicológico da Gravidez, Parto e Puerpério: R$ 93 a R$ 151
  • Acompanhamento Psicológico da Gravidez em Grupo: R$ 69 a R$ 134
  • Acompanhamento Psicológico de Deficientes: R$ 69 a R$ 116
  • Acompanhamento Psicoterapêutico: R$ 104 a R$ 198

 

Assessoria em Psicologia

  • Consultoria Empresarial: R$ 110 a R$ 256
  • Realização de Pesquisa: R$ 69 a R$ 186
  • Supervisão de Atividades Psicológicas: R$ 97 a R$ 186
  • Assessorias a Instituições Escolares: R$ 69 a R$ 171

 

Diagnóstico Psicológico

  • Avaliação Psicológica: R$ 128 a R$ 210
  • Elaboração de Perfil Profissiográfico: R$ 69 a R$ 163
  • Perícia – Avaliação Psicológica: R$ 128 a R$ 210
  • Avaliação Neuropsicológica: R$ 128 a R$ 210

 

Orientação e Seleção Profissional

  • Orientação Vocacional: R$ 81 a R$ 163
  • Recrutamento e Seleção Pessoal: R$ 62 a R$ 163
  • Desenvolvimento de Projetos Relativos ao Trabalho: R$ 48 a R$ 204
  • Avaliação de Programa de Treinamento: R$ 69 a R$ 193

 

Orientação Psicopedagógica

  • Realização de Pesquisas: R$ 69 a R$ 139
  • Planejamento Psicopedagógico: R$ 46 a R$ 139
  • Preparação para Aposentadoria: R$ 93 a R$ 2019

 

Solução de Problemas Psicológicos:

  • Psicomotricidade Individual: R$ 69 a R$ 116
  • Psicoterapia Individual: R$ 81 a R$ 139
  • Psicoterapia em Casal: R$ 93 a R$ 186

Existe um Projeto de Lei em tramitação na Câmara dos Deputados, o PL 1015/2015, que pretende fixar o piso salarial do psicólogo em R$ 3.600.

 

Média Salarial do Psicólogo em São Paulo

De acordo com o Guia de Profissões e Salários da Catho, um psicólogo ganha entre R$ 1.600 e R$ 3.000 em São Paulo, com média estadual de R$ 2.168

 

Dependendo do cargo exercido, do tipo de empresa onde trabalha, do setor e das qualificações profissionais, o salário de um psicólogo em São Paulo pode variar bastante. Confira alguns exemplos de médias salariais dos cargos ocupados por esses profissionais:

  • Estagiário em Psicologia: R$ 835
  • Psicólogo Clínico: R$ 1.717
  • Psicólogo Social: R$ 1.887
  • Psicólogo Organizacional: R$ 2.177
  • Analista de Recursos Humanos: R$ 2.199
  • Consultor de Recrutamento e Seleção: R$ 2.420
  • Psicólogo Hospitalar: R$ 2.425

 

Melhores oportunidades para Psicólogos em São Paulo

Entre as áreas que oferecem maior remuneração para os profissionais formados em Psicologia está o departamento de Recursos Humanos, principalmente das grandes empresas. Um psicólogo com especialização voltada à gestão de pessoas ocupando o cargo de Diretor de RH pode receber um salário de R$ 45 mil.

 

De acordo com um estudo elaborado pela consultoria Robert Half e publicado pela revista Exame, a média salarial de cargos que podem ser ocupados por psicólogos especializados em Recursos Humanos, de acordo com o porte da empresa, é a seguinte:

 

Diretor de Recursos Humanos

Pequenas e médias empresas: R$ 15 mil a R$ 24 mil

Grandes empresas: R$ 25 mil a R$ 45 mil

 

Gerente de Recursos Humanos

Pequenas e médias empresas: R$ 9 mil a R$ 17 mil

Grandes empresas: R$ 12 mil a R$ 25 mil

 

Coordenador/Especialista em Recursos Humanos

Pequenas e médias empresas: R$ 5,5 mil a R$ 9,5 mil

Grandes empresas: R$ 7,5 mil a R$ 12,5 mil

 

Gerente de Treinamento e Desenvolvimento/ Recrutamento e Seleção

Pequenas e médias empresas: R$ 8 mil a R$ 13,5 mil

Grandes empresas: R$ 12 mil a R$ 20 mil

 

Coordenador de Treinamento e Desenvolvimento/ Recrutamento e Seleção

Pequenas e médias empresas: R$ 5 mil a R$ 8 mil

Grandes empresas: R$ 7 mil a R$ 12 mil

 

 

Concurso Público para Psicólogo em São Paulo

O concursos públicos para profissionais da psicologia são relativamente frequentes em São Paulo. Os maiores salários são pagos por universidades, hospitais e fundações. Veja a remuneração inicial (sem contar benefícios e adicionais) para vagas de psicólogos em concursos recentes:

 

  • Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP): R$ 5.712 para 40 horas semanais.
  • Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar de São Paulo (FAMESP): R$ 2.459 para 40 horas semanais.
  • Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP): R$ 2.687 para 30 horas semanais
  • Prefeitura de Gabriel Monteiro: R$ 1.256 para 20 horas semanais.
  • Prefeitura de Glicério: R$ 1.235 para 40 horas semanais.
  • Prefeitura de Paulistânia: R$ 2.057 para 40 horas semanais.
  • Prefeitura de Morungaba: R$ 1.488 para 30 horas semanais.
  • Hospital Nestor Goulart Reis: R$ 1.269 para 30 horas semanais

Sobre a Carreira de Psicólogo

A Psicologia é uma profissão reconhecida por lei desde 1962 e foi regulamentada dois anos depois, em 1964. Para trabalhar como psicólogo, é obrigatório ser formado em Psicologia em um curso superior reconhecido pelo MEC e obter registro profissional no Conselho Regional de Psicologia.

São muitas as possibilidades de carreira de quem se forma em Psicologia. Confira algumas das áreas em que esse profissional pode atuar:

 

  • Psicologia Escolar
  • Psicologia Social
  • Psicologia Organizacional e do Trabalho
  • Psicologia Jurídica
  • Psicologia Hospitalar
  • Psicologia Esportiva
  • Psicologia Clínica
  • Pesquisa Acadêmica
  • Orientação Profissional
  • Neuropsicologia
  • Marketing

 

A Psicologia é considerada uma carreira em alta, em parte porque uma resolução da  Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) obrigou os planos de saúde a cobrirem um número maior de sessões com psicólogos. Além disso, uma pesquisa da Catho revela que os salários na área estão aumentando: em 2013 a Psicologia teve um crescimento salarial de 54,7% em relação ao ano anterior.

 

 

Cursos de Psicologia em São Paulo

 

Veja algumas instituições reconhecidas pelo MEC que oferecem o curso de Psicologia em São Paulo:

Universidades Privadas:

Universidades Públicas:

 

Veja também:

Psicologia

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário