Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Parceria leva formação técnica a estudantes do ensino médio.

Os estudantes da rede estadual pública do estado de São Paulo terão acesso à formação básica aliada à profissional, por meio de uma parceria entre o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo e a Secretaria Estadual de Educação. As duas entidades assinam, nesta segunda-feira, 4, no Palácio dos Bandeirantes, às 11h, um termo de cooperação que dispõe sobre o estabelecimento de políticas educacionais que ampliarão a oferta de ensino técnico articulado ao ensino médio.

De acordo com o termo de cooperação, será selecionada, em cada município onde haja campus do instituto, uma escola de ensino médio da rede estadual, que não deverá estar a distância superior a 5 km do campus.

Na escola selecionada, serão constituídas duas turmas, com 40 alunos cada, no período diurno. Esses alunos serão escolhidos por sorteio. Eles cursarão as disciplinas básicas em suas próprias escolas e, no outro turno, terão disciplinas voltadas para a formação profissional, no campus do instituto.

A proposição de projetos pedagógicos, oferta de infraestrutura, certificação e supervisão pedagógicas serão de responsabilidade do instituto. O documento também dispõe a respeito do desenvolvimento de estudos e pesquisas sobre a implantação do ensino médio integrado à educação profissional técnica, além de projetos de extensão.

Há 21 cidades no estado de São Paulo que possuem campi do instituto, o que garante o acesso à formação profissional a 1.680 estudantes de escolas estaduais.

Participam da cerimônia o ministro da Educação, Fernando Haddad, e o secretário de educação profissional e tecnológica do MEC, Eliezer Pacheco, além dos signatários do termo de cooperação – o reitor do instituto, Arnaldo Augusto Ciquielo Borges, e o secretário de educação de São Paulo, Herman Jacobus Voorwald.

Fonte: MEC Online

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário