Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Olimpíadas de Matemática

Entre os dias 24 de fevereiro e 1º de março, na cidade de Bucarest, Romenia, o Brasil participa da terceira edição do Romanian Masters in Mathematics (RMM). A competição convoca os países com melhor desempenho na Olimpíada Internacional de Matemática (IMO).

A RMM é organizada desde 2007 pela Escola Nacional de Informática “Tudor Vianu” em colaboração com a Sociedade Científica Romena de Matemática e o Ministério de Educação Investigação e Juventude. A competição pretende possibilitar a troca de conhecimentos, reforçar os contatos interculturais no ensino médio, além de proporcionar uma oportunidade para a demonstração das habilidades em matemática para os competidores.

Pela primeira vez o Brasil participa e um país iberoamericano é convidado. Além do Brasil participam as delegações da Alemanha, Bielorussia, Bulgaria, Coreia do Sul, China, Estados Unidos, Hungria, Itália, Irã, Japão, Reino Unido, Romênia, Rússia, Sérvia, Turquia, Ucrânia. A participação brasileira nesta competição é organizada pela Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM), que levará seis estudantes, todos vencedores da OBM. A equipe será liderada pelos professores Carlos Yuzo Shine, de São Paulo, e Régis Prado Barbosa, de Fortaleza.

A Equipe  é formada por:
– Davi Lopes de Medeiros, Fortaleza (CE)
– Deborah Alves, São Paulo (SP)
– Gustavo Lisbôa Empinotti, Florianópolis (SC)
– Hugo Fonseca Araújo, Rio de Janeiro (RJ)
– Marcelo Tadeu Sales, Salvador (BA)
– Matheus Secco Torres da Silva, Rio de Janeiro (RJ).

OBM

A OBM é uma iniciativa realizada nas modalidades de ensino fundamental, médio e superior em instituições públicas e privadas de todo o Brasil. Atualmente, atinge aproximadamente 350 mil estudantes e desempenha um importante papel relacionado à melhoria do ensino e descoberta de talentos para a pesquisa em matemática.

 A Olimpíada Brasileira conta com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e do Instituto do Milênio Avanço Global e Integrado da Matemática Brasileira. O projeto é realizado conjuntamente pela Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) e o Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA).

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário