Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

ITA realiza vestibular

O ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica) promove, de terça a sexta, sua seleção mais concorrida desde 2004. São 7.626 inscritos, 17% a mais do que em 2009.

Em média, 63 candidatos concorrem a cada uma das vagas. Em 2009, essa relação era de 54,2.

A principal razão para o aumento, diz Luiz Carlos Rossato, chefe da seção de concursos, foi o lançamento de engenharia aeroespacial.

Com 1.246 inscritos, esse já é o terceiro curso mais procurado. Só fica atrás das engenharias aeronáutica e mecânica-aeronáutica.

No ITA, independentemente da engenharia escolhida, são aprovados os 120 candidatos com melhores notas. A prioridade de escolha do curso é dada aos alunos mais bem colocados.

Neste ano, o ITA retirou o limite de 23 anos de idade para se candidatar. Mas essa liberação, segundo Rossato, influiu pouco na alta da procura -só há 180 inscritos acima de 23 anos no concurso.

Nos dias que antecedem a prova, Rodrigo Fulgêncio, que foi aluno do ITA e é coordenador do Poliedro, orienta os candidatos a resolverem exames antigos. Em física, ele aconselha uma boa revisão de teoria. “O ITA é um dos vestibulares mais difíceis do país, nem tanto pela concorrência, mas pela complexidade das questões.”

Fonte: Folha Uol

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário