Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Esclarecimento

A Universidade de Taubaté (Unitau) emitiu a seguinte nota de esclarecimento:

A Universidade de Taubaté lamenta as denúncias sobre a prática de atos de violência e de constrangimento durante o trote realizado por alunos do curso de Medicina nos calouros, em fevereiro deste ano.

Por se tratar de uma ação realizada fora dos muros da Instituição (em ruas e em residências dos universitários), a Administração Superior solicitou apoio ao Ministério Público, convidando o promotor Antônio Carlos Ozório Nunes para uma reunião com os alunos, na intenção de tomar conhecimento das denúncias e dar início às investigações.

Paralelamente, a UNITAU criou uma comissão de sindicância para investigar essas denúncias, ação que visa, além de auxiliar no inquérito policial e nas investigações do Ministério Público, à adoção de medidas disciplinares cabíveis aos envolvidos. Os membros da comissão estão analisando farto material recolhido pela Pró-reitoria Estudantil desde o início das denúncias, incluindo material postado por alunos veteranos na internet. Com base no parecer da comissão, que deverá ser apresentado em 30 dias, a Universidade de Taubaté tomará as medidas cabíveis, podendo até determinar a expulsão dos culpados.

 

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário