dcsimg

Vestibular em

Quanto custa estudar Medicina em SP

O curso de Medicina é um dos mais concorridos do Brasil. Na maior parte dos vestibulares de São Paulo, é o que tem o maior número de candidatos por vaga e exige uma nota altíssima para ser aprovado. Toda essa procura pode ser explicada pela alta taxa de empregabilidade e boa remuneração dos médicos.

A concorrência acirrada para entrar na universidade não é o único desafio de quem pretende seguir esta carreira. As mensalidades de Medicina são muito elevadas e o aluno precisa se dedicar aos estudos em turno integral durante seis anos para receber o diploma.

Se você está decidido a fazer uma faculdade de Medicina, veja quanto será necessário desembolsar para estudar no Estado de São Paulo.

 

Mensalidades do curso de Medicina em SP

As mensalidades do curso de Medicina variam bastante de uma instituição de ensino para a outra. Ao longo do curso este valor também pode sofrer alterações. De modo geral, as mensalidades para os primeiros semestres costumam ser mais altas que o valor pago nos anos finais.

Em São Paulo, existem algumas universidades cobrando cerca de R$ 4.500 mensais. Em outras, esse valor pode ficar acima de R$ 9 mil!

Veja a seguir uma lista com o valor aproximado das mensalidades das principais faculdades de Medicina de São Paulo.

 

Mensalidades de Medicina até R$ 5.500

Mensalidades de Medicina entre R$ 5.500 e R$ 6.500

Mensalidades de Medicina acima de R$ 6.500

O valor gasto com mensalidades pode depender de alguns fatores. É muito comum as universidades oferecem um desconto para aqueles que pagam os boletos em dia. É possível também conseguir um abatimento na matrícula ou até no valor de algumas parcelas apresentando o desempenho no Enem. Ou seja, os estudantes com boa nota no Exame Nacional do Ensino Médio têm chances de pagar um pouco menos pelo curso de Medicina.

Para saber exatamente quanto você vai pagar para estudar Medicina, é importante entrar em contato com a universidade escolhida, verificar quais as possibilidades de desconto e os planos de pagamento.

 

Custos extras para estudar Medicina

Ao fazer as contas de quanto custa um curso de graduação, é preciso considerar outros fatores além do valor das mensalidades. No caso de Medicina, é importante lembrar que a duração do curso é de seis anos e as aulas são em período integral. Ou seja, durante este tempo será complicado conciliar estudos e trabalho.

Para não ter surpresas com o que você vai gastar por mês, considere também os seguintes gastos:

Moradia

O curso de Medicina não é oferecido na modalidade a distância e, muitas vezes, o estudante precisa mudar de cidade para frequentar as aulas. Se este é o seu caso, coloque na lista os seguintes gastos:

  • Aluguel
  • Condomínio
  • IPTU
  • Água, luz, gás, internet, telefone, etc.
  • Móveis e utensílios domésticos (se o espaço não for mobiliado)

 

Alimentação

Para contabilizar os custos com alimentação, considere o tempo de permanência na universidade. Como o curso de Medicina acontece em período integral, é provável que você tenha que almoçar e também fazer um lanche ao longo do dia.

Faça uma pesquisa de preços nos restaurantes próximos ao campus. Verifique também se a universidade possui um refeitório próprio destinado a estudantes e funcionários, pois eles costumam ser mais baratos.

Tente fazer uma estimativa do valor que gastará com refeições por dia.

 

Transporte

Se a faculdade ficar longe de sua casa, faça um cálculo de quanto será gasto por mês com transporte público. Considere todos os deslocamentos necessários, pois além dos trajetos de ida e volta de casa para a universidade, é possível que você tenha que desenvolver atividades fora do campus, em hospitais ou postos de saúde, por exemplo.

Aqueles que usam carro devem considerar, além do custo com combustível, o valor pago em estacionamentos, pedágios e seguro.

 

Material Didático

Para fazer o curso de Medicina, o estudante precisa utilizar alguns materiais e equipamentos específicos. Porém, não é necessário adquirir todos no início do curso. Antes de cada semestre verifique o que será preciso comprar e planeje-se.

 

É possível pagar menos para estudar Medicina?

Sim! Existem alguns programas do Governo Federal que têm como objetivo facilitar o acesso ao ensino superior e podem ajudá-lo a pagar o curso de Medicina. São eles:

ProUni – é um programa que concede bolsas integrais (100%) ou parciais (50%) a estudantes de baixa renda.

FIES – permite ao estudante financiar toda a faculdade e começar a pagar a dívida somente um ano e meio depois de formado. A área da Saúde é prioritária para o Governo, o que aumentam as chances de quem tenta uma vaga para o curso de Medicina.

Para concorrer a uma vaga por estes programas é preciso ter feito o Enem e atingido no mínimo 450 pontos na média das provas e nota maior que zero na redação.

 

Veja também:

Melhores faculdades de Medicina em São Paulo

 

O que você achou das mensalidades do curso de Medicina? Vai tentar uma vaga? Conte para a gente aqui nos comentários!

Deixe seu comentário:

Versão para impressão     Enviar para um amigo