dcsimg

Vestibular em

Quanto custa estudar Fisioterapia em SP

O gasto necessário para estudar Fisioterapia no estado de São Paulo depende muito da região e da universidade escolhida. A diferença de preço é grande, pois existem mais de 100 instituições de ensino espalhadas por diversas cidades paulistas que oferecem esta graduação.

A vantagem é que, com toda essa oferta, existem mensalidades para todos os bolsos!

Mas atenção! Nem sempre o curso com a menor mensalidade será o mais econômico para você. Se a faculdade for muito longe de sua casa, por exemplo, os gastos com alimentação, moradia e transporte podem acabar comprometendo o orçamento.

Para não cair nessa armadilha, confira o guia que preparamos. Com ele, você descobrirá o valor das mensalidades de Fisioterapia das principais universidades de São Paulo e saberá também quais custos extras devem ser considerados!

 

Mensalidades de Fisioterapia em SP

O valor médio das mensalidades do curso de Fisioterapia em SP é de R$ 775, uma média que fica bem abaixo de outros cursos da área da Saúde, como Medicina e Odontologia.

Algumas universidades cobram menos de R$ 500 mensais. A grande maioria apresenta valores entre R$ 500 e R$ 1.000.

Confira as mensalidades das principais faculdades de Fisioterapia de SP:

 

Mensalidades de Fisioterapia até R$ 500

  • Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) 
  • Universidade Nove de Julho (UNINOVE)
  • Universidade Paulista (UNIP)

Mensalidades de Fisioterapia entre R$ 500 e R$ 1.000

 

Mensalidades de Fisioterapia entre R$ 1.000 e R$ 1.500

  • Universidade de Franca (UNIFRAN)
  • Universidade Metodista de São Paulo (UMESP)
  • Universidade Presbiteriana Mackenzie (MACKENZIE)
  • Faculdade Sudoeste Paulista (FSP)
  • Centro Universitário Hermínio Ometto de Araras (UNIARARAS)
  • Centro Universitário São Camilo (SÃO CAMILO)
  • Universidade de Marília (UNIMAR)
  • Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP)

 

Mensalidades acima de R$ 1.500

  • Universidade São Judas Tadeu (USJT)
  • Universidade de Mogi das Cruzes (UMC)
  • Centro Universitário Capital (UNICAPITAL)
  • Faculdade de Saúde de São Paulo (FASSP)
  • Universidade São Francisco (USF)
  • Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-CAMPINAS)

Como pagar menos pelo curso de Fisioterapia em SP

Uma das formas de economizar com mensalidades é verificar junto ao setor financeiro da universidade quais os planos de pagamento e possíveis promoções para o curso de Fisioterapia.

É muito comum encontrarmos universidades oferecendo descontos para quem paga os boletos em dia ou para estudantes que tiveram um bom desempenho no Enem. Aproveite para perguntar quais convênios a instituição possui com programas de crédito estudantil.

Se ainda assim sua renda não for suficiente para cobrir os custos com as mensalidades, você pode tentar um dos programas do Governo Federal que ajudam estudantes a fazer uma faculdade particular. São eles:

ProUni

É o programa que oferece bolsas de estudo integrais (que cobrem 100% dos custos) ou parciais (que cobrem 50% dos custos e o estudante paga a outra metade) a pessoas de baixa renda.

FIES

É um fundo de financiamento estudantil que permite fazer a faculdade hoje e só começar a pagar a dívida depois de formado, com juros baixos e prazo longo.

Para se inscrever tanto no ProUni quanto no FIES, é preciso fazer o Enem e obter no mínimo 450 pontos na média das provas e nota maior que zero na redação.

 

Custos extras para estudar Fisioterapia em SP

Para ter uma verdadeira noção de quanto será o investimento para estudar Fisioterapia, é preciso considerar outros gastos além das mensalidades. Conheça os principais deles:

1.    Moradia

O valor gasto com moradia em São Paulo varia muito conforme a região. Se você pretende se mudar para perto da universidade, pesquise a respeito da realidade do local e considere as seguintes despesas:

  • Aluguel
  • Condomínio e IPTU
  • Água, gás e luz
  • Internet e telefone
  • Móveis e utensílios domésticos (se você for adquiri-los)

2.    Alimentação

Normalmente, o curso de Fisioterapia é oferecido em apenas um turno (manhã, tarde ou noite), o que reduz o número de refeições que você precisará fazer fora de casa. Mesmo assim, é importante pesquisar os preços dos restaurantes e lanchonetes próximos ao campus e fazer uma estimativa de quanto você vai gastar com alimentação por mês.

3.    Transporte

Para calcular os custos com transporte, pesquise o preço das passagens de transporte público para todos os trajetos que precisam ser feitos ao longo da semana.

Se vai usar carro, não esqueça de colocar na conta o valor gasto com seguro e estacionamento além do combustível.

4.    Material didático

É importante reservar um valor para gastar com livros, cópias de textos e outros materiais que possam ser solicitados. Verifique no início do semestre o que será exigido em cada disciplina e planeje-se.

Somente depois de colocarmos todas essas despesas extras no papel, é que podemos saber realmente quanto será gasto com o curso de Fisioterapia.

 

Veja também:

Faculdades que aceitam o FIES em SP

 

Você já decidiu em qual universidade se matricular? Conte para a gente aqui nos comentários!

Deixe seu comentário:

Versão para impressão     Enviar para um amigo