dcsimg

Vestibular em

Descubra quanto custa estudar Farmácia em São Paulo

Deseja cursar Farmácia na capital paulista? Fique por dentro das mensalidades em São Paulo!

A graduação em Farmácia é oferecida nas modalidades presencial e a distância em São Paulo.

Estudando presencialmente, você terá aulas diárias na faculdade. Se preferir cursar Farmácia EAD, as aulas presenciais serão semanais e você também assistirá às aulas online.

Isso acontece porque Farmácia é uma formação que exige bastante técnica laboratorial. As aulas práticas preparam você para desenvolver medicamentos, realizar análises clínicas e outras atividades do ramo.

É este curso que pretende fazer? Então veja quanto custa estudar Farmácia na capital paulista! Confira as faculdades que oferecem essa graduação com mensalidades entre R$ 500 e R$ 2.100.

Quanto custa estudar Farmácia em SP: mensalidades entre R$ 500 e R$ 700 (EAD)

Nesta faixa de preço, é possível conquistar o seu diploma de bacharel em Farmácia estudando semipresencialmente — uma modalidade de curso a distância que mescla aulas presenciais e online. Veja onde estudar:

- Cruzeiro do Sul Virtual (a distância)

- Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)

- Universidade de Franca (UNIFRAN)

- Universidade Estácio de Sá (UNESA)

Quanto custa estudar Farmácia em SP: mensalidades entre R$ 700 e R$ 1.200 (presencial)

Se você pensa em estudar presencialmente, encontrará mensalidades a partir de R$ 700 nas faculdades abaixo:

- Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)

- Universidade Paulista (UNIP)

- Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU)

- Centro Universitário Capital (UNICAPITAL)

- Universidade Brasil

- Universidade Anhembi Morumbi (UAM)

- Centro Universitário de São Paulo (UNISP)

Quanto custa estudar Farmácia em SP: mensalidades entre R$ 1.200 e R$ 2.100 (presencial)

- Cruzeiro do Sul Educacional (presencial)

- Universidade de Santo Amaro (UNISA)

- Universidade Paulista (UNIP)

- Universidade São Judas Tadeu (USJT)

- Faculdades Oswaldo Cruz

Como estudar Farmácia pagando menos

Isso mesmo: é possível cursar Farmácia em São Paulo pagando uma mensalidade que cabe no seu bolso! Para isso, você pode recorrer a uma das opções abaixo:

ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni) concede bolsa de estudo integral ou parcial duas vezes por ano. Para concorrer, é necessário:

- ter renda média familiar de até 3 salários mínimos por pessoa,

- ter obtido nota igual ou maior que 450 pontos na média das provas objetivas do Enem,

- ter obtido nota maior que zero na prova de redação do Enem.

Além disso, você deve atender a um dos critérios abaixo:

- Ter cursado o ensino médio completo em uma escola pública.

- Ter cursado o ensino médio completo em uma escola privada como bolsista integral.

- Ter cursado parte do ensino médio em uma escola pública e parte em uma escola privada como bolsista integral.

- Ser pessoa com deficiência.

Você se encaixa nesse perfil? Então participe do próximo processo seletivo do ProUni para concorrer a uma bolsa de estudos e cursar Farmácia em São Paulo gratuitamente ou pagando somente a metade da mensalidade durante toda a graduação.

FIES

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) permite financiar uma graduação a juros zero ou a juros baixíssimos. Para participar do processo seletivo, que acontece duas vezes por ano, você deve:

- ter renda familiar média de até 5 salários mínimos por pessoa,

- ter obtido nota igual ou maior que 450 pontos na média das provas objetivas do Enem,

- ter obtido nota maior que zero na prova de redação do Enem.

Bolsa de estudo em faculdade privada

Verifique se a faculdade onde você pretende estudar concede bolsas de estudo aos alunos. Na Anhanguera, por exemplo, é possível conseguir uma bolsa de até 100% usando a sua nota do Enem.

Já a Cruzeiro do Sul concede bolsa de estudo por mérito acadêmico, por ingresso via ENEM e para alunos com mais de 60 anos.

Crédito universitário privado

Também é possível financiar os estudos usando um crédito universitário privado. Diversas faculdades particulares aceitam e oferecem opções de financiamento. Alguns exemplos dessa alternativa são:

- PEP da Anhanguera, que permite parcelar até 70% do curso, para o aluno pagar depois de formado.

- CREDUCSUL da Cruzeiro do Sul, que permite pagar o curso no dobro do tempo.

Descontos e convênios empresariais

Por fim, você pode conseguir descontos especiais quando paga a mensalidade em dia, quando indica amigos para se matricular ou se você for funcionário de uma empresa conveniada à faculdade.

Veja também:

Farmácia: profissão, carreira e mercado de trabalho

7 dicas rápidas para ganhar bolsa de estudo para graduação

Pronto! Agora você já sabe quanto custa estudar Farmácia em SP. Deixe seu comentário dizendo para nós por que você decidiu cursar esta graduação!

Deixe seu comentário:

Versão para impressão     Enviar para um amigo