dcsimg

Vestibular em

Como entrar na USP pelo Enem

Agora é possível ingressar em uma das universidades mais respeitadas do País  - a Universidade de São Paulo (USP) – usando apenas a nota do Enem.

É que a USP aderiu ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para preencher uma parte de suas vagas. O Sisu é totalmente informatizado e usa a nota do Enem como critério para classificar candidatos a uma vaga em universidades públicas de todo o País.

A estreia da USP no Sisu, em janeiro de 2016, teve cerca de 14% das suas vagas reservadas para esse Sistema.  Do total de 11.057 vagas oferecidas pela instituição, 1.489 serão disputadas entre os estudantes inscritos no Sisu. Elas estão bem distribuídas entre as áreas de Ciências Exatas e Tecnologia, Ciências Biológicas e Humanidades. Tem até vaga nos cursos top, como Direito e Relações Internacionais.

Parece um sonho! Entrar numa das maiores e mais concorridas universidades públicas do País sem precisar enfrentar novas provas.

Mas, na prática, o processo não é tão fácil. A procura é muito grande! Para conseguir uma vaga na USP por meio do Sisu sua pontuação no Enem precisa ser alta!

Veja como fazer para entrar na USP com sua nota do Enem!

 

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu)

O Sisu foi criado pelo Governo Federal para facilitar o acesso de estudantes a universidades públicas de todo o Brasil. Por meio deste sistema os candidatos fazem a inscrição na vaga que escolherem entre os cursos disponíveis. A classificação dos candidatos é feita com base na nota que obtiveram no Enem do ano anterior. Quanto maior a nota no Enem, melhores as chances de passar.

Grande parte das instituições públicas de ensino superior do Brasil aderiu ao Sisu como processo seletivo de novos alunos. Algumas aboliram totalmente o vestibular e adotaram o Sisu como única forma de ingresso. Outras reservam parte das vagas a candidatos inscritos no Sistema, como é o caso da USP.

As inscrições devem ser feitas pela internet, no site do Sisu http://sisu.mec.gov.br durante o período de seleção. Na hora da inscrição, o sistema informa os cursos com vagas disponíveis em cada instituição. Este número costuma variar a cada edição.

 

A USP e o Sisu

A experiência da USP com o Sisu acontece pela primeira vez em 2016. A ideia, defendida pela instituição, é democratizar o acesso dos estudantes. Grande parte das vagas destinadas ao Sisu, 1.159, é reservada a alunos que cursaram o ensino médio na rede pública. As cotas raciais também foram contempladas neste processo.

Cada uma das 42 unidades de Ensino e Pesquisa da USP teve autonomia de decidir quais os cursos e quantas vagas seriam destinadas a candidatos inscritos no sistema. Do total de 143 cursos, 85 deles aderiram ao Sisu. Os demais mantiveram o vestibular tradicional da Fuvest como processo seletivo único de novos alunos.

 

Quais cursos da USP oferecem vagas pelo Sisu

Esta decisão histórica na USP de selecionar alunos por meio da nota do Enem resultou na oferta de vagas em cursos variados. São 413 vagas na área de Ciências Exatas e Tecnologia, 348 na área de Ciências Biológicas e 728 na área de Humanas. O curso de Direito do Largo São Francisco e o de Relações Internacionais são exemplos dos que aderiram ao Sisu. Assim como o curso de Medicina de Ribeirão Preto, bastante concorrido, que optou por destinar 10% de suas vagas ao processo seletivo que utiliza a nota do Enem como critério.

Por outro lado, o curso de Medicina do campus da capital optou por não aderir, assim como unidades que contam com provas de habilidades específicas para a seleção de candidatos: a Escola de Comunicações e Artes (ECA), a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) e o Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos (IAU).

Veja a lista dos cursos e a quantidade de vagas disponibilizadas ao Sisu, em 2016, no site da USP.

 

Nota mínima do Enem para concorrer a uma vaga da USP pelo Sisu

A USP estipulou as notas mínimas que os candidatos precisam ter garantido no Enem para ingressar nos cursos da instituição. Esta nota varia de 450 pontos, para cursos como Sistemas da Informação e Gestão de Políticas Públicas, a 700 pontos, para Engenharia Florestal e Engenharia Agronômica.

Confira as notas de corte e o peso de cada prova do Enem estipulados pela universidade no Termo de Adesão da USP ao Sisu.

 

Vai ter Sisu na USP semestre que vem?

A oferta de vagas da USP a candidatos inscritos no Sisu pode variar para mais ou para menos nos próximos semestres. O Conselho Universitário aprovou a adesão ao sistema em 2016 de forma experimental. Não há, por enquanto, uma comunicação formal da USP sobre a expectativa para as próximas edições do Sisu.

 

Outras faculdades de São Paulo que aceitam a nota do Enem

Se não deu para entrar na USP com a nota do Enem, não desanime!

Várias faculdades particulares reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC aceitam a nota do exame como forma de ingresso. E o melhor: participam do FIES, ProUni e trabalham com programas próprios de bolsas de estudos, parcelamentos, convênios e descontos.

Conheça:

 

Veja também:

Quem pode fazer o Sisu?

Vai tentar uma vaga na USP com a nota do Enem? Para qual curso? Conte para a gente nos comentários!

Deixe seu comentário:

Versão para impressão     Enviar para um amigo