dcsimg
Contato Anuncie


Busca: Buscar

Newsletter

Assine e receba informações atualizadas no seu e-mail:

Cadastrar

Vestibular em

Versão para impressão     Enviar para um amigo    

Página inicial : dicas

Trabalhar a mente para acalmar

Provas como as do vestibular e do Enem são, para muitos, sinônimo de pânico, nervosismo, dúvidas e uma possível gastrite oriunda de um estresse. Para ajudar os candidatos, o diretor da Conexão RH e especialista em Programação Neurolinguística (PNL), Cláudio Domingos, dá uma dica: trabalhar a mente.

Para ele o nervosismo e a ansiedade são a reação do corpo à nossa maneira de viver, pensar e agir de acordo com os acontecimentos. E as técnicas da neurolinguistica podem ajudar o aluno a superar esses obstáculos.

– A PNL estuda como a mente funciona e como são estruturados o pensamento, a emoção e a comunicação. O que fazemos é reprogramar a mente, eliminando obstáculos e medos que podem atrapalhar – disse Domingos.

O especialista em PNL explica que ao compreender como tudo funciona dentro de si, o vestibulando descobre que pode ter mais controle sobre sintomas como estresse e pânico, em vez de ser vítima deles, potencializando sua capacidade de raciocínio e de concentração, evitando que fatores externos o desestabilize.

Em entrevista, Cláudio Domingos explica ainda que a Programação Neurolinguística se vale da meta-cognição, ou seja, pensar sobre a maneira de pensar.

– A PNL vai utilizar a mesma energia que a mente gasta para sentir medo, pânico e bloqueios, só que fazendo o caminho inverso, fazendo esta energia da mente trabalhar a favor da pessoa. No caso do vestibulando, ele vai aprender com mais facilidade e rapidez e vai transmitir o que aprendeu de forma mais simples e direta. Isso torna seus processos internos muito mais seguros, eficientes e organizados, gerando, é claro, resultados satisfatórios – afirmou.

Como dica aos candidatos Domingos fala sobre evitar frases negativas e sobre o pensamento positivo, tendo uma atitude positiva diante da vida e dos acontecimentos.

– Não podemos mudar a realidade, mas sim a maneira como agimos frente aos acontecimentos. Então, evite o "não". Em vez de dizer - "Eu não posso ficar nervoso durante a prova", diga "Eu vou ficar calmo". Em vez de "Eu não vou esquecer tudo que aprendi" - diga "Eu vou me lembrar de tudo que aprendi". Não tenha medo de nada – disse.

– O medo paralisa o raciocínio, libera uma quantidade enorme de adrenalina é cortisol na corrente sanguínea, substâncias responsáveis por uma infinidade de doenças. Faça a sua parte. Estude, organize sua vida e não fique preocupado com o resultado, que ele virá – aconselha Domingos.

(Jornal Correio do Brasil)

Deixe seu comentário:

Versão para impressão     Enviar para um amigo    

Busca de cursos



Busca de faculdades



Quem somos

Contato

Anuncie

Faculdades

Cursos

Agenda

Notícias

Artigos

Dicas

Gabaritos

Resultados

Provas

-

Notícias e Dicas - Vestibular

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas do Vestibular e dicas de estudo: